As melodias de quatro acordeões ecoaram música ‘contemporânea’ com Danças Ocultas

O grupo musical português Danças Ocultas subiu ao palco do grande Auditório do CCB, no passado dia 5 de Maio, com a Orquestra Filarmonia das Beiras e como convidados Rodrigo Leão, Dead Combo e Carminho, para um momento musical mágico com os vários géneros musicais e instrumentais.

RMG_4936

Com a sala praticamente cheia, Danças Ocultas trouxeram aos portugueses algo diferente do habitual em relação ao instrumento acordeão. Com a orquestra Filarmonia das Beiras a abrir o espetáculo, começou logo por animar os espectadores com muita música jovial. Com luzes a iluminar somente o palco e a restante sala na escuridão da curiosidade, entraram os quatro músicos com os seus acordeões, que receberam de imediato calorosas palmas.

Melodias diferentes em cada acordeão se espalhavam, mas em poucos segundos que se tornavam numa só melodia ‘dançarina’, juntamente com a sonoridade das cordas da orquestra.

Após algumas músicas, Rodrigo Leão entrou em palco, por duas vezes, para partilhar a sua arte no piano com a arte que estava em palco. Assim tocaram todos em conjunto “Tardes de Bolonha” e “Danças d’Alba”. A orquestDSC_6868ra tocava, os acordeões lançavam e ‘dançavam’ notas por toda a sala, quando, do nada, entraram em palco os Dead Combo. O público não resistiu e bateu palmas, contudo a música continuava. Assim se sucedeu, num bis, na segunda parte do concerto, com a música misteriosa, ‘louca’ e deliciosa de Dead Combo.

De tranquilidade e harmonia (luzes azuis) passámos, num click, para paixão e energia (luzes vermelhas), com a calorosa voz da fadista portuguesa Carminho. A fadista deslumbrou todos os presentes com a sua voz num momento único e representativo do nosso país: Fado.

MaiDSC_7001s músicas surgiram naquela noite. Com mais um toque de passo de dança, com repetições, com muita música e com muitos sorrisos de satisfação por parte do público e dos músicos, que não só proporcionaram uma grande noite como espalharam muita alegria e muita coisa nova para os ouvidos dos portugueses.

RMG_5076

Texto por: Laura Pinheiro

Fotos de: Ricardo Gomes e Tiago Martinho

Anúncios

Carminho no primeiro lugar do top nacional

E eu compreendo porquê. Nunca fui amante séria de fado, e acho que nunca tinha ouvido um álbum inteiro de um(a) fadista. Nesta busca por maior conhecimento musical, e  porque Carminho é já um nome de referência no fado português, adquiri o novo álbum da artista, e desde então não parou de tocar no meu iPod.
As letras românticas, saudosas, as guitarras, o acordeão, o dueto com Marisa Monte, as influências da sua viagem pelo mundo, deram um sabor novo a esta música. A mim faz-me viajar, visitar o passado e apreciar o presente. É uma sugestão que fica para quem quiser saborear também.

Texto por Rita Silvestre.

“Canto” o novo álbum de Carminho

Chegou o novo álbum da fadista Carminho. “Canto” já se encontra no iTunes e no Spotify, estando em primeiro lugar no Top iTunes.

Carminho apresentou o “Canto” pela primeira vez ao vivo no Centro Cultural de Belém nos passados dias 23 e 24 de Outubro.

O primeiro videoclip já se encontra disponível no Youtube: “Saia Rodada”.

A Fadista partilhou com os seus fãs nas redes sociais o seu entusiasmo: “Depois de meses de dedicação e emoções fortes, com a cumplicidade de muitos amigos, está quase a chegar o momento mais alto: partilhá-lo convosco!” E esse momento já chegou.

“Canto”, um disco que promete.

10690026_10152498884890345_9038262090617384077_n

texto por Laura Pinheiro