Cante alentejano é Património Imaterial da Humanidade

A 27 de Novembro de 2011, Portugal teve o fado eleito como Património Imaterial da Humanidade. Hoje, exatamente três anos depois dessa data, Portugal pode orgulhar-se de ter mais um pedaço da sua cultura na mesma situação.
É um género musical que se caracteriza principalmente pela monotonia, condizente com as paisagens Alentejanas, de onde é originário, principalmente do Baixo Alentejo. Este género surgiu como acompanhamento dos trabalhos de campo, na lavoura, passando também a ser cantado em momentos de celebração, em tabernas, em celebrações religiosas ou ainda como acompanhamento de trabalho doméstico. Depois da segunda guerra mundial, e com o abandono dos campos, em favor das cidades, este género entrou em decaimento, sendo hoje em dia mantido principalmente por grupos oficializados.
No início deste ano foi para o cinema um filme sobre este género musical no Portugal Contemporâneo:
Texto por Rita Silvestre

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s