Lady Gaga surpreende em concerto no MEO Arena

Mesmo com uma plateia com as expetativas lá em cima, a mother monster conseguiu dar um espetáculo de deixar a todos com os olhos arregalados na noite da passada segunda-feira, 10, no MEO Arena, em Lisboa.

Com o início marcado para às 19h30, às 21h já estavam todos aflitos para a entrada de Lady Gaga. Dois músicos haviam aberto o concerto e o público começava a ficar inquieto com a falta da cantora no palco. Sendo uma das divas do pop mais aclamadas atualmente, eu estava à espera de um concerto que surpreendesse, assim como muitos nas arquibancas (que estavam praticamente lotadas) e na pista.

Dessa vez não houve vestido de carne, mas nessa digressão, intitulada Art Rave, Gaga transforma o que poderia ser um simples concerto em um espetáculo com arte a “brotar” do chão onde ela pisava. Em certa altura, flores gigantes saíram do palco, num cenário cheio de cores e de arte popular. Figurinos e coreografias ousados para uma cantora que tem atrevimento até o último fio de cabelo.

No início do concerto, algum fã que estava na pista jogou a bandeira de Portugal para a cantora, que logo tratou de amarrá-la no pedestal do microfone. Por aonde ela ia, em boa parte do evento, a bandeira ia junto com ela, a mostrar respeito e gratidão por um povo que tanto a admira. Mas não foi só isso que fez o concerto de Gaga ser um dos melhores que já vi. Em vários momentos diz para termos orgulho de quem somos, para não deixarmos nunca alguém tirar de nós o que nos torna especial. E com esses discursos de deixar qualquer um orgulhoso de quem é e de quem é a sua ídola, ela mostrou que ser famosa não é só aparecer perante às câmaras, é também cuidar e proteger aquilo faz dela tão especial: os fãs.

Quando Gaga parava e dava seus discursos motivadores, ela era quase soterrada com tanto presentes que os fãs arremessavam para cima dela. Uma dessas fãs teve mais sorte do que as outras duas que haviam jogado coletes (e que amama monster vestiu!). A cantora pegou uma carta arremessada para cima dela, caminhou em direção ao piano, sentou-se e começou a ler tudo o que aquela fã escreveu na expetativa quase ínfima de que a diva do pop realmente leria. Mas ela leu! E leu em voz alta. E chamou a fã, chamada Laura, ao palco para sentar ao lado dela. Como se toda essa surpresa não fosse o suficiente para encher os corações dos seguidores dela de esperança, ela canta “Born This Way” em homenagem à Laura e à todos os presentes que apoiam as causas homossexuais. Para deixar-me ainda mais chocada, Gaga leva a sua little monsterLaura para o camarim com ela em uma das suas trocas de roupa, deixando o público a desejar ser essa fã por esse único momento.

Um pouco depois das 23h, o concerto chega ao fim com uma plateia a querer mais. Além de ter cantado as faixas do álbum “ArtPop”, os sucessos de sua carreira também foram apresentados com o público a acompanhar cada letra de “Just Dance”, “Poker Face”, “Alejandro”, “Bad Romance”, “You and I” e um “Applause” cheio de aplausos vindo das arquibancadas e da pista, enchendo a todos de emoção e a transmitir uma vibração única em seu concerto.

Texto por Mayra Russo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s