Leonor Varandas

A música para mim sempre foi como um “psicólogo”, uma espécie de terapia que me ajuda a lidar com o mundo caótico em que vivemos. Gosto portanto de bandas com algo a dizer, letras que mostram uma nova perspetiva de ver o mundo. Os álbuns que mais me afetam de uma maneira positiva são: HOT FUSS dos THE KILLERS, LATERALUS dos TOOL e DUMMY dos PORTISHEAD. O Pop atual faz-me um pouco “comichão” e por mais que tente não consigo ouvir fado (mas não rejeito a sua importância).Tenho mais interesse em ouvir o que é que influenciou o artista a criar a música do que simplesmente carregar “play”.

texto por Leonor Varandas

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s